terça-feira, 14 de setembro de 2021

Quilombola é amarrado e agredido na rua em Portalegre, no RN; Governo determina apuração imediata

Um homem quilombola foi agredido na rua em Portalegre, cidade do interior do Rio Grande do Norte, no último sábado 11. As imagens chocaram a população potiguar e um vídeo do momento das agressões foi compartilhado nas redes sociais.
 

As cenas mostram um homem amarrado no chão, chorando, enquanto um outro homem segura a corda. O homem que segura a corda dá um chute nas costas do rapaz amarrado pelos pés e mãos. As imagens são fortes e não serão reproduzidas. Segundo relatos, o homem teria jogado pedras em um comércio.

A vereadora de Natal, Brisa Bracchi (PT), denunciou o ocorrido. “Um quilombola em situação de rua foi amarrado, arrastado e espancado por um bolsonarista na cidade de Portalegre/RN. É um absurdo que o linchamento continue sendo prática cotidiana, ainda mais como política de violência contra corpos negros”, escreveu ela no Twitter.

 

Já a governadora do Estado, Fátima Bezerra (PT), informou na noite desta segunda-feira 13 que o Governo fará uma apuração rigorosa sobre as agressões. “Determinei ao secretário de Segurança, coronel Araújo, e à delegada-geral da Polícia Civil, dra. Anna Cláudia, a apuração imediata e rigorosa do caso que envolveu um quilombola em Portalegre e que deixou a todos estarrecidos”, frisou.

 

“O Governo do Rio Grande do Norte não será conivente e não compactuará com manifestações eivadas de discriminação, intolerância, ódio e abusos de quaisquer naturezas”, finalizou a governadora.


AgoraRN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente