quinta-feira, 27 de janeiro de 2022

Uern adia volta 100% presencial das aulas para 14 de março

A Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern) informou nesta quarta-feira (26) que adiou o retorno 100% presencial das aulas para o dia 14 março, diante da alta de casos de Covid em todo o estado.
 

Dessa forma, as aulas que começam no dia 2 de fevereiro serão remotas na parte teórica. Já as aulas práticas e teórico-práticas podem ser feitas de forma presencial. A instituição anunciou em dezembro que cobrará passaporte vacinal dos alunos.

 

A Universidade autorizou os departamentos acadêmicos a flexibilizarem o horário dessas aulas da modalidade presencial a depender da conjuntura específica do curso.

Já as aulas presenciais voltam em 14 de março, segundo a universidade, "quando se espera que se observe maior segurança sanitária frente ao quadro pandêmico".

 

Segundo o comunicado, os conselheiros de Ensino, Pesquisa e Extensão concordaram que, embora o ensino remoto não seja a escolha ideal do ponto de vista puramente pedagógico, "não se pode ignorar os riscos de morte trazidos com o espantoso aumento de casos de Covid-19, especialmente da variante Ômicron".

 

A universidade explicou que há um cobrança de alunos daqueles cursos que demandam maior frequência prática, como os da Saúde, além do Diretório Central dos e das Estudantes (DCE) quanto ao retorno de pelo menos 25% das atividades presenciais em fevereiro.

 

“Todos os cursos da Uern têm componentes teórico-práticos. Nós temos 240 componentes, que somam mais de 400 turmas envolvendo componentes práticos e teórico-práticos”, explicou a professora Mayra Rodrigues, titular da Pró-Reitoria de Ensino de Graduação (Proeg).

 

Para a pró-reitora, esse retorno em fevereiro "dá segurança para uma volta gradativa, para que a gente possa monitorar melhor” o aumento de casos de Covid e também seja contemplada a volta presencial num percentual equivalente ao requerido.

 

Segundo a reitora da Uern, a professora Cicília Maia, foi de fundamental importância o diálogo e construção para a construção do calendário letivo. Segundo ela, desde o início da pandemia, a Universidade apresentou uma postura séria, prudente e cuidadosa com a saúde de sua comunidade e com toda a sociedade.

 

“A Universidade do Estado do Rio Grande do Norte continuará realizando, diuturnamente, todas as medidas necessárias para nossa retomada gradual e segura. Vamos juntas e juntos na certeza de que nossa missão é grandiosa, inclusive de orientar nossa comunidade e sociedade. Continuaremos agindo sob a orientação da ciência. Não abriremos mão disso”, frisou.

 

Na sexta-feira (28), a Reitoria promove uma reunião com as unidades acadêmicas para alicerçar o plano de retorno presencial com segurança.


G1RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente