sexta-feira, 20 de julho de 2018

São João movimentou R$ 25 milhões na economia de Assú, aponta IPDC


O mês de junho é particularmente especial para a região Nordeste, sobretudo em função dos festejos dos santos Antônio, João e Pedro. No caso específico do São João, uma cidade potiguar aposta mais fortemente na data. Em Assú, distante 220 km de Natal, o festejo junino une-se à devoção ao padroeiro da cidade em um verdadeiro caldeirão de eventos que enaltecem a fé e cultura do seu povo.

Anualmente, shows de artistas nacionais, festival de quadrilhas juninas e vários projetos culturais se espalham por cerca de duas semanas na cidade em festa. Para aferir os impactos do evento na economia do município e traçar um perfil do público que circulou por ele, o Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento do Comércio da Fecomércio Rio Grande do Norte (IPDC/Fecomércio RN) foi à cidade entre os dias 21 a 24 de junho e entrevistou 500 pessoas, em pontos estratégicos da festa. 

Os dados foram apresentados no final da manhã desta quinta-feira, 19 de julho, pelo presidente do Sindicato do Comércio Varejista da cidade, Francisco de Assis Barbosa e pelo diretor Executivo da Fecomércio RN, Jaime Mariz, em evento realizado no Cine Teatro Pedro Amorim que contou com a presença do prefeito da cidade, Gustavo Montenegro Soares, além de secretários municipais, vereadores e empresários.

De acordo com o levantamento do IPDC, com base no público fornecido pela Prefeitura de Assú, que foi de mais de mais de 315 mil pessoas participantes do evento, o São João de Assú 2018 fez circular na economia da cidade mais de R$ 25 milhões. Destes, quase R$ 15 milhões foram deixados pelos turistas.

Com relação ao público do São João de Assú este ano, a pesquisa revelou que 53,2% eram homens e 46,8% eram mulheres. A maioria tinha entre 25 a 44 anos (57,4%) e mais de 65% estavam acompanhados de seus familiares. A festa concentrou grande parcela de potiguares (94,6%), sendo 60,8% moradores de Assú. 39,2% dos entrevistados pelo IPDC eram turistas (aquele que efetuou pelo menos um pernoite na cidade) e visitantes (aquele que permaneceu menos de 24 horas na cidade para participar de alguma atividade da festa), vindo de outras cidades e estados, como Ceará (1,6%), Paraíba (1%) e Pernambuco (0,6%), interessados em conhecer e visitar a cidade e em participar da festa.

Entre os turistas, 70,8% escolheram casas de parentes ou de amigos para se hospedar e 21,6% hotéis e pousadas. O gasto médio diário individual dos assuenses na festa foi de R$ 54,11, contra R$ 119,20 gastos pelos turistas e visitantes. Entre os entrevistados, 87,2% já haviam participado de alguma outra edição do São João de Assú e 12,8% estavam participando pela primeira vez do evento, inclusive, 26,4% dos turistas e visitantes estavam conhecendo pela primeira vez a festa que comemorou 292 anos.

O público tomou conhecimento do São João de Assú de diversas formas: através de amigos e parentes (24,6%), internet (20,8%) e outros já conheciam o evento (59,8%). Os aspectos que mais motivaram a ida ao município da região Oeste para conhecer o São João foram a alegria, animação do evento (51%), atrações musicais divulgadas (41%), atrativos gratuitos (23,8%), lazer e turismo (21%) e a decoração da cidade (16%).

Dentre esses, os locais mais frequentados pelos turistas, visitantes e pela população local foram os espaços das atrações musicais (43%), festival de quadrilhas juninas (30,8%) e bares e restaurantes (20,6%).

Os entrevistados também avaliaram os pontos do evento, classificando-os entre bons, ótimo, regular ou ruim. Neste ponto, os itens com maiores percentuais de “ótimo e bom” foram hospedagem (97,3%), estrutura do evento (91,8%), decoração da cidade (91,3%), organização do evento (90,9%) e atrativos culturais (90,8%). Chamaram a atenção negativamente os itens: transporte (28,3%), limpeza pública (15,1%) e a divulgação (14,8%).

No geral, 97,2% dos entrevistados pelo IPDC da Fecomércio RN pretendem voltar em uma nova edição do São João de Assú e quase 99% (98,8%) do público indicam a ida ao evento. Entre 1 a 10, a nota média do evento dada pelos entrevistados foi de 8,64.

“Parabéns a Assú por sua grande festa junina. O Sindivarejo se sente realizado pelo sucesso da festa, e por estar sempre contribuindo para o desenvolvimento econômico e social da cidade. Gostaria de agradecer à Fecomércio pelo empenho em realizar a pesquisa, que nos mostrou esta radiografia do São João 2018”, disse o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Assú, Francisco de Assis Barbosa.

Diante dos números positivos do evento, o prefeito da cidade, Gustavo Montenegro Soares, declarou que se sente na “obrigação de investir ainda mais na festa”. “Diante de um investimento de R$ 1,5 milhão que fizemos no evento, ter um número de mais de R$ 25 milhões de retorno, é um resultado muito bom. É muito dinheiro circulando, é muito desenvolvimento para um período tão curto. Gostaria de agradecer o empenho de todos em realizar a festa, e também à Fecomércio e ao Sindivarejo por nos presentear com estes dados”, comemorou.

A pesquisa completa está disponível no site da Fecomércio RN: http://fecomerciorn.com.br/pesquisas/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente