terça-feira, 24 de março de 2020

Banco Mundial e Governo do RN discutem medidas de combate ao Covid-19 em videoconferências


A primeira missão do Banco Mundial ao Rio Grande do Norte em 2020 teve que ser adiada devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), mas os especialistas e o Governo do RN estão se reunindo por videoconferência desde esta segunda-feira (23). Além de analisar a situação do acordo de empréstimo do ponto de vista de desembolso e execução dos projetos, o momento serviu para discussão de medidas emergenciais para enfrentar a doença em solo potiguar.

O secretário de Gestão de Projetos e Metas, Fernando Mineiro, pontuou que a reunião girou em torno do reposicionamento do projeto diante do quadro de avanço da pandemia e de algumas ações emergenciais nessa área que podem ser tomadas dentro do acordo de empréstimo.

“Solicitamos ao Banco Mundial autorização para compras de equipamentos para área da saúde em caráter emergencial que possam nos ajudar no combate ao novo coronavírus no Estado”, destacou Mineiro.

Outra solicitação do secretário à instituição diz respeito a ações de proteção social para agricultores familiares. “Uma de nossas ideias é adquirir os produtos dos agricultores familiares beneficiários do projeto Governo Cidadão e distribui-los para população vulnerável do Rio Grande do Norte. Uma iniciativa que ajudaria não só os pequenos produtores a comercializar seus produtos como a sociedade em situação de risco”, destaca.

O reposicionamento do projeto Governo Cidadão junto ao Banco Mundial visa atender as medidas do decreto da governadora Fátima Bezerra e é uma ação integrada com todos os órgãos e secretarias do Governo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente