sexta-feira, 4 de dezembro de 2020

Governadora anuncia reabertura de 89 leitos para covid-19 e diz que RN vai reanalisar autorizações para eventos no fim de ano

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), anunciou a reabertura de 89 leitos para covid-19, nesta sexta-feira (4). Ainda de acordo com ela, o comitê científico do estado vai fazer uma nova avaliação quanto às autorizações para eventos no fim de ano, por causa de um novo aumento dos casos da doença. O novo parecer dos pesquisadores sobre o assunto deve ser anunciado na próxima semana.

 

As informações foram confirmadas durante entrevista coletiva realizada no início da tarde desta sexta-feira (4). O governo do estado também anunciou a convocação de prefeitos e gestores das áreas de saúde dos município do estado para reuniões, na segunda-feira (7). Serão discutidas ações de retomada da operação Pacto Pela Vida, com fiscalização das medidas de prevenção à transmissão da doença.

As medidas anunciadas seguem recomendações publicadas nesta semana pelo Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, que acompanha os dados da doença e confirmou o aumento dos casos no estado.

 

Os novos esforços do governo para combate à pandemia, também visam combater o novo aumento de internações no estado.

 

"Infelizmente o Rio Grande do Norte, assim como os demais estados, passa por um momento de aumento do número de casos de pessoas com covid-19, que já se refletiu no número de internações. Esse aumento não se refletiu no número de óbitos, mas é preciso tomar medidas para conter esse crescimento que está em curso", disse Fátima.

 

Dos 89 leitos anunciados pela governadora, 53 são de UTI e 36 clínicos, distribuídos em diferentes regiões do estado. A maior parte deles, no entanto, será reaberta na região Oeste, que, no início da tarde desta sexta, possuía mais de 80% das UTIs ocupadas. No estado como um todo, o percentual de ocupação dos leitos estava em 61%.

 

"O governo está fazendo a sua parte de aumentar leitos, 89 leitos disponibilizados para garantir a assistência em saúde à população, mas precisamos que a população faça sua parte, para evitar retrocessos. Voltar a usar máscaras, fazer a higienização das mãos e evitar aglomerações", disse.

 

O boletim da Secretaria Estadual de Saúde informou que o estado tinha 328 pacientes internados nas redes pública e privada, nesta quinta-feira (3). Os números são semelhantes a 14 de maio, quando o número de casos da doença estava em fase de crescimento e a 17 de agosto, quando os casos começavam a cair, no estado. Os hospitais privados de Natal já estão com ocupação praticamente completa dos leitos de UTI para pacientes do coronavirus.

 

Fátima Bezerra também afirmou que o estado vai aumentar a disponibilização de testes para pessoas com sintomas.


G1RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente