terça-feira, 21 de agosto de 2018

Mulheres advogadas têm contribuição reconhecida pela Assembleia


Mulheres advogadas que vêm contribuindo com a carreira jurídica no Rio Grande do Norte foram homenageadas pela Assembleia Legislativa em Sessão Solene nesta terça-feira (21). As agraciadas têm trajetória ligada à luta pela equidade, promoção de justiça social e por direitos. É de iniciativa da Casa Legislativa a lei que fixou em 30 de maio de cada ano o Dia da Mulher Advogada.

"Ainda sofremos os mesmos preconceitos que em outra profissão. A grande maioria ainda ganha menos que os homens, cerca de 25%. Temos muito mais tempo para alcançar postos de comando e ainda sofremos diversos tipos de assédio. Merecemos, sim, essa homenagem", destacou a advogada Marisa Rodrigues de Almeida Diógenes, que falou em nome das homenageadas.

De acordo com dados da Ordem dos Advogados do Brasil, atualmente, o mercado de trabalho do setor é composto em 48% por mulheres, mas a expectativa é que em 2020 esse número seja ultrapassado, havendo mais advogadas que advogados.

Entre as advogadas homenageadas estão nomes como Andreia Nogueira Pereira, Eliane Figueira Fernandes, Íris de Carvalho Medeiros, Lucimeire de Mendonça Freire, Marta Maria Varela, dentre outras.

O ato em homenagem às mulheres advogadas se soma às ações que a Assembleia Legislativa encampa à frente da questão. O Poder Legislativo tem em funcionamento atualmente a Frente Parlamentar da Mulher, que desenvolve ações voltadas para a defesa dos direitos femininos no Rio Grande do Norte.


ALRN