sexta-feira, 6 de setembro de 2019

Setembro Cidadão: Legislativo presta homenagens aos destaques do RN


Pioneiro no reconhecimento da importância da cidadania, o projeto Setembro Cidadão recebeu homenagem da Assembleia Legislativa e junto com ele, o Legislativo também prestou homenagem a personalidades que se destacaram na área. O projeto foi idealizado pelo juiz Jarbas Bezerra e pela advogada Lígia Limeira há seis anos. A solenidade que lotou o plenário e galerias da Casa aconteceu na manhã desta sexta-feira (6) e cada parlamentar indicou um nome que se destacou por ações de cidadania.

“A cidadania é uma condição que nos permite participar como iguais da discussão política e uma reivindicação de que todos participem do que Thomas Marshall chamou de herança comum da sociedade e da discussão sobre os valores que a sustentam. Hoje homenageamos exemplos de indivíduos prontos e dispostos a cumprir com sua parte. Encontramos pessoas trabalhando em prol de objetivos comuns, pessoas dispostas a sacrificar os próprios interesses, pelo bem dos demais”, afirmou o deputado e presidente do Legislativo do RN, Ezequiel Ferreira (PSDB), que escolheu como homenageada a desembargadora Maria Zeneide Bezerra.

O Setembro Cidadão faz parte do Programa Brasileiro de Educação Cidadã – PROBEC. Já o mês de setembro foi escolhido por ser marco de celebrações de várias datas em torno do tema. Os dias 6, 7, 8 e 10 de setembro, por exemplo, são respectivamente: Dia da Oficialização da Letra do Hino Nacional; Dia Nacional da Alfabetização e Dia da Educação Cidadã e o mês Setembro Cidadão no Rio Grande do Norte.

Falando em nome dos homenageados, a desembargadora Zeneide Bezerra afirmou que a homenagem tem para todos um enorme significado: “Todos nós que estamos aqui, representados pelos nossos deputados, cuja Casa, pelo respeito que impõe, traz a cada um de nós um pouco de todos os potiguares, através de seus legítimos representantes que aqui chegaram pelos valores absolutos, do voto secreto e universal”, afirmou. Também fez um apelo aos presentes para que tenham sempre em mente a lembrança de pessoas que podem estar precisando receber alguma atitude. “Que todo o tempo possamos fazer pelo nosso Rio Grande do Norte, pelo nosso Brasil, com nossas ações, ideias e fazeres”, afirmou Zeneide.

O juiz Jarbas Bezerra iniciou seu discurso citando o educador Paulo Freire: “Onde quer que haja mulheres e homens, há sempre o que fazer, há sempre o que ensinar, há sempre o que aprender”. Destacou que o projeto não é do governo, mas do Estado e agradeceu o apoio que o Setembro Cidadão sempre recebeu ao longo dos anos, principalmente nesta edição: “Aproveitamos esta tribuna para prestarmos conta e dizer que de os anos, esse tem sido o de maior participação por parte das escolas, da população e dos órgãos públicos e privados”, agradeceu. Jarbas Bezerra também enalteceu os homenageados: “Merecem toda nossa reverencia pelo seu valoroso trabalho”, finalizou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente