terça-feira, 26 de novembro de 2019

Apresentação de balé do Sesc RN reúne 1.500 pessoas no Teatro Riachuelo


A personagem Alice em sua busca incessante pelo coelho apressado que transita em dois mundos, e que no meio do caminho esbarra com o chapeleiro Navarro. Neste enredo nada convencional, as bailarinas do Sesc apresentaram na noite deste sábado (23), no palco do Teatro Riachuelo, o espetáculo anual “Alice no país Navarro”.

A montagem é uma adaptação livre com seis cenas e mais de 20 coreografias, que misturam a clássica história com as obras do artista plástico potiguar, Newton Navarro, e fazem uma crítica ao uso excessivo das mídias sociais. A estória explora o poder criativo do artista e da menina Alice, quando seus caminhos se encontram, resultando num final inesperado.

Para as bailarinas, a apresentação sempre é um momento especial para reunir a família e amigos para mostrar o resultado de um ano inteiro de ensaio. A estreia da pequena Tâmaris Luiza (5) superou as expectativas dos pais que inclusive já estão pensando no espetáculo do próximo ano.

“No próximo ano ela vai estar de novo, pois foi muito emocionante e parabenizo a todos pela organização, foi nota mil”, destacou o pai, Robson de Oliveira.

Para valorizar as expressões culturais locais, as temáticas dos espetáculos do balé Sesc trazem um enredo tendo como destaques a história e personalidades que representam os potiguares. No ano passado, o espetáculo “Atlântida do Sertão”, teve como enredo o desaparecimento de São Rafael, na região do Vale do Açu, após a construção da Barragem Armando Ribeiro Gonçalves. Em 1984, a barragem encheu e a antiga cidade desapareceu pelas três décadas seguintes, até que uma forte seca trouxe as ruínas à vista dos moradores, acompanhadas por saudosas lembranças.

Além do contexto cultural, a noite também foi oportuna para ratificar o compromisso do Sistema Comércio, composto pela CNC, Federações, Sindicatos, Sesc e Senac, com a promoção do desenvolvimento no país e falar sobre a Campanha Eu Valorizo. O Diretor Regional do Sesc RN, Fernando Virgilio, falou sobre o movimento e convidou o público a acessar o site: www.valorizaobrasil.com.br, para assinar o abaixo-assinado em prol do fortalecimento e apoio da atuação do Serviço Social do Comércio (Sesc) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). O objetivo é reunir 1 milhão de assinaturas até o dia 30 de novembro.

Sobre o balé no Sesc

As aulas de balé começaram no então Sesc Centro em 1987 com um número limitado de alunas. Hoje, dispõe de cerca de 370 vagas nas unidades Sesc Cidade Alta e Sesc Zona Norte, ambas em Natal. As aulas são voltadas a crianças a partir dos 4 anos de idade (baby class) e também atende ao público adulto.

As vagas são prioritárias para dependentes de comerciários, e os valores subsidiados das mensalidades variam conforme a categoria no cartão de associado Sesc. As matrículas 2020 para veteranos (as) acontecerão em janeiro e, para novatos (as), terão início em fevereiro. Para mais informações, basta ir à central de relacionamento das unidades ou entrar em contato pelos telefones ou (84) 3133-0360 (Cidade Alta) e (84) 3214-7350 (Zona Norte).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente