segunda-feira, 25 de novembro de 2019

Mulher baleada no rosto em São Miguel pode ter sido vítima de tentativa de homicídio


O homem que atirou em uma atendente dentro de uma loja na tarde deste último sábado, 23, em São Miguel, cidade da região Oeste potiguar, ainda não foi identificado pela polícia e segue foragido. A Polícia Civil, contudo, não descarta a possibilidade de a mulher ter sido vítima de uma tentativa de homicídio. O homem ainda é procurado.

Renata Ranyelle Almeida, de 23 anos, trabalhava em uma loja quando foi surpreendida pelo homem. Outras pessoas que estavam no local fugiram para o fundo da loja, mas a atendente foi obrigada a ir até o caixa para entregar o dinheiro.

Vídeo das câmeras de segurança do local revelam o exato momento em que o criminoso atira na mulher e foge. A Polícia Civil disse que ele não levou nada da loja.

Após levar o tiro, Renata foi levada em estado grave para o Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró, onde permanece internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Informações adicionais que ajudem a identificar o criminoso e seu paradeiro podem ser passadas ao Disque-Denúncia da Polícia Civil pelo número 181. A ligação é gratuita.

Agora RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente