sábado, 23 de novembro de 2019

Sistema solar está coberto por uma parede de fogo gigante


Nas bordas mais extremas do nosso sistema solar, é possível encontrar uma barreira de plasma super-quente - uma gigantesca parede de fogo solar que "marca" a borda do espaço interestelar.

Quando a Voyager 2 - nave robótica norte-americana lançada pela Nasa - começou sua jornada no espaço interestelar no final do ano passado, registrou temperaturas de até 49.427 Cº. Embora a sonda espacial pareça estar bem, a blindagem do plasma pode representar um problema para a Nasa, conforme ela avança em direção à sua missão interestelar.

Agora, os cientistas da agência estão medindo a camada de plasma, que foi criada e é mantida pelos ventos que sopram do Sol para formar uma bolha gigante, de acordo com uma pesquisa publicada na revista Nature Astronomy.

De acordo com um comunicado do Laboratório de Propulsão a Jato da Nasa, a nova pesquisa sugere que a Voyager 2 pode ainda não estar no espaço interestelar, mas sim, presa em uma ampla região de transição feita de plasma compacto incrivelmente quente, além dos limites externos do sistema solar.

Olhar Digital

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente