terça-feira, 26 de novembro de 2019

Criminoso entra armado em UPA de Natal e faz arrastão entre funcionários


Criminoso entrou na UPA de Cidade da Esperança, Zona Oeste de Natal, e fez arrastão, na noite desta segunda-feira (25) — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi
Funcionários da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Cidade da Esperança, Zona Oeste de Natal, foram vítimas de um arrastão na noite desta segunda-feira (25). Um criminoso armado entrou no prédio e levou celulares e dinheiro de técnicos, enfermeiros e funcionários terceirizados.

Ele entrou pela portaria do prédio em ser incomodado e foi em direção à copa, onde estavam vários funcionários. O bandido abriu a porta, sacou a arma e pegou sete celulares das vítimas.

Um homem que não quis se identificar disse que foi ameaçado pelo criminoso. "Ele perguntou se a porta tinha chave e eu falei que não tinha. Ele disse: então tu senta aqui. Se sair daqui eu atiro". O assaltante saiu pela porta da frente da UPA.

Felipe Félix, técnico de enfermagem, diz que os criminosos tem facilidade em entrar em locais como as Unidades de Pronto Atendimento. "Não é a primeira vez que servidores públicos estão vulneráveis. Já aconteceu de um criminoso entrar e colocar uma arma na cabeça de uma colega", relatou.

Segundo um agente da Guarda Municipal, uma ronda tinha passado no local há 40 minutos. Ele acredita que o bandido não agiu sozinho e que esperou o melhor momento para o crime. "Conseguimos rastrear os celulares até a parte externa da unidade. Então provavelmente tinha alguém esperando o criminoso até a parte externa", falou.

Para George Antunes, secretário de Saúde de Natal, as UPAs precisam de mais segurança. Ele conta que assaltos e arrastões viraram rotina na cidade. "Temos a Guarda Municipal, um convênio com o pessoal da segurança para completar um serviço que é obrigação do estado. Como não temos segurança estamos colocando a vida dos nossos servidores em risco", lamentou.

G1RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente