terça-feira, 20 de julho de 2021

Com queda no preço do petróleo, potiguares esperam redução da gasolina

O preço do barril de petróleo despencou no mercado internacional. Com isso, espera-se que no Brasil essa queda chegue logo ao bolso do consumidor. Potiguares, que recentemente chegaram a ver o preço da gasolina atingir R$ 6,90, esperam redução do preço do combustível. A baixa no preço foi de aproximadamente 6%, divulgada na última segunda-feira 19 segunda-feira, caindo m US$ 69.

Para o economista do Rio Grande do Norte, Janduir Nobrega, a queda no preço foi uma decisão acertada Opep e a Opep+. “Finalmente a Opep e a Opep+ resolveram se acertarem. Assim, decidiram aumentar a produção em 400 mil bpd já a partir de agosto – o que corresponde a algo em torno de 0,4% a mais em produção. A decisão conteve a pressão dos preços e acentuou a queda já na segunda”.

“Assim, contratos realizados a futuro com preço variando entre $75 e $76 dólares o barril, foram negociados ontem na casa de $65 a $68 dólares, queda de aproximadamente 7,5%. Rumores de nova cepa de Covid pode levar a uma pressão para baixo desses preços”, continuou o economista.

 

Em 2020, os combustíveis já encareceram — e os valores que pareciam ter atingido um patamar já suficientemente elevado, subiram mais degraus em 2021. No RN, o preço por litro de gasolina varia entre R$6,49 a R$6,90.

 

O economista acredita que a chegada da nova cepa de Covid-19 pode levar a uma pressão para diminuição desses preços. “Rumores que a nova cepa de Covid pode levar a uma pressão para baixar esses preços. Possivelmente teremos uma semana de expectativas e ajustes tanto no mercado internacional, quanto aqui no Estado. É aguardar e torcer para sermos beneficiados o mais rápido possível”, frisou.


AgoraRN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente