segunda-feira, 26 de julho de 2021

Duas Escolas estaduais na região Central decidem permanecer com ensino remoto até a imunização dos profissionais


Algumas escolas estaduais da região Central, decidiram por não retornar as aulas essa semana, como está colocado pelo governo do RN, para a volta gradual presencial e híbrida. De acordo com o Sinte/RN, sindicato da categoria da educação do estado, o correto é só voltar em setembro.

Como exemplo, a escola estadual Francisca Alves na cidade de Fernando Pedroza e a escola estadual Joana Honório em Angicos.

As duas tiveram reuniões presencias com o corpo docente, onde os professores e profissionais presentes decidiram não retomar as aulas presenciais enquanto não forem imunizados com a segunda dose da vacina.

O plano estadual previa a volta escalonada dos profissionais, quando todos tivessem sido imunizados com a segunda dose da vacina.

De acordo com o Sinte/RN, sindicato da categoria da educação do estado, o correto é só voltar em setembro ou outubro.

No entanto, de acordo com os representantes do sindicato na região, pressão por parte da secretaria estadual de educação é muito grande. 

Francisco Canindé Dantas, Caxita, disse o seguinte: " A luta é pela vida, pois sabemos do risco grande que todos estão correndo, com essa volta precipitada. O Sinte está tentando reverter a decisão da justiça e orienta a ninguém voltar as aulas presenciais, mas sabemos que a pressão do secretário de educação é muito grande. Vamos aguardar essa primeira semana, pra ver o que acontece."

O blog vai acompanhar a situação, e em breve voltamos a falar sobre o assunto.

 Uma decisão da justiça precipitou a volta das escolas, onde muitos professores e técnicos se recusam, com medo das consequências nefastas da Covid-19.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente