Postagem em destaque

Eleição da Câmara em Angicos; está chegando a hora!

A eleição da câmara de vereadores de Angicos se aproxima rapidamente. De acordo com declaração ao blog do Presidente Neto Maciel, o " P...

quinta-feira, 28 de outubro de 2021

Presos limpam Cemitério de Pau dos Ferros para o Dia de Finados

Internos privados de liberdade de Penitenciária Estadual de Pau dos Ferros realizam trabalho de limpeza e capinagem no Cemitério Público do município, deixando-o pronto para o  Dia de Finados, no próximo dia 2. O serviço está sendo executado desde a semana passada, graças a um convênio entre a Prefeitura e a Secretaria de Administração Penitenciária (SEAP). Os mesmos presos realizaram serviço de limpeza no hospital da cidade e, em breve,  atuarão em praças e escolas da cidade.

Segundo a diretora da penitenciária, Elaine Fontes, sete presos, todos do regime fechado, estão aptos ao trabalho externo. Todo trabalho é supervisionado de perto por policiais penais da unidade e do Grupo de Escolta Penitenciária (GEP). As atividades são informadas à Justiça para que a pena possa ser remida em um dia para cada três dias trabalhados.

Para a diretora, “a Lei de Execuções Penais é seguida a risca em Pau dos Ferros”. “Temos um ciclo completo. Com ressocialização através do trabalho e assistência à saúde, religiosa e educacional. Tenho muitos testemunhos de egressos que hoje estão inseridos na sociedade”, disse Elaine Fontes.

 

A SEAP tem fomentado o trabalho envolvendo mão de obra carcerária no Rio Grande do Norte. Com a Prefeitura de Pau dos Ferros, um convênio de cooperação para inclusão de mão de obra carcerária em ciclos produtivos de confecção de bens e prestação de serviços foi formalizado em setembro. O convênio foi assinado entre o secretário da SEAP, Pedro Florêncio, e a prefeita Marianna Almeida, com a anuência do juiz de Execução Penal, Edilson Chaves.


Para o secretário Pedro Florêncio, o trabalho no sistema prisional viabiliza a ressocialização e a inclusão social. O trabalho envolvendo presos, disse Florêncio,  já é uma realidade com projetos bem sucedidos em obras nos hospitais Maria Alice Fernandes, João Machado e Giselda Trigueiro, em Natal, no Hospital Tarcísio Maia, em Mossoró, além da recuperação de escolas e carteiras escolares. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente