Postagem em destaque

Eleição da Câmara em Angicos; está chegando a hora!

A eleição da câmara de vereadores de Angicos se aproxima rapidamente. De acordo com declaração ao blog do Presidente Neto Maciel, o " P...

quinta-feira, 28 de outubro de 2021

Sesed investiga suposta ameaça de explosão de postos do RN após aumento do preço dos combustíveis

A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Estado (Sesed) está monitorando as supostas ameaças de explosão de 20 postos de gasolina atribuídas a uma facção criminosa. Um comunicado vinha circulando nas redes sociais pedindo a diminuição do preço dos combustíveis. As informações são da Tribuna do Norte.

Segundo a assessoria de comunicação da Sesed, as forças de segurança vêm trabalhando para verificar se a mensagem é verídica, identificar os responsáveis e prendê-los. No entanto, ainda não há nenhuma confirmação, principalmente se isso representa mesmo algum risco para a população. A suposta autoria do comunicado seria do Sindicato do Crime.

No comunicado que circula nas redes sociais, os possíveis integrantes da facção dizem que vão dar 36 horas para o preço dos combustíveis diminuir, caso contrário, haverá explosão de 20 postos. “Temos um irmão nosso em cada esquina iremos esta ao lado do povo de bem, o cidadão trabalhador tera nosso apoio indicondicional, um abraço forte e sincero e leal a todos os cidadãos de bens do estado do rio grande do norte (sic)”, diz a mensagem.

 

O portal Agora RN entrou em contato com a assessoria de comunicação da Polícia Militar e a instituição disse que vem trabalhando o assunto junto da Sesed. “A Polícia junto com a Sesed estão atuando para checar a veracidade das mensagens e prender os possíveis responsáveis, caso sejam identificados. Não há confirmação de que as mensagens de fato foram disparadas pela facção criminosa e de que elas constituem realmente um risco para a segurança pública”.

 

Ameaça semelhante em Manaus

 

Uma situação parecida acontece na cidade de Manaus, capital do Amazonas. Na última terça-feira (26), circularam algumas mensagens com ameaças de autoria do Comando Vermelho. No comunicado, a facção diz estar do lado dos “irmãos que estão sendo prejudicados”.

 

“O Comando pede para os safados dos cartéis de postos baixarem o preço da gasolina. Estamos dando o prazo de uma semana, estamos do lado dos nossos irmãos que estão sendo prejudicados. Se não [cumprirem], vamos botar o trem na rua e colocar fogo em postos de gasolina e caminhões”, complementa suposta mensagem da facção.


AgoraRN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente