terça-feira, 28 de dezembro de 2021

Variante Ômicron da Covid-19 aumenta imunidade contra Delta

Pesquisas feitas por cientistas sul-africanos sugerem que a infecção pela Ômicron aumenta a imunidade neutralizante contra a variante Delta do coronavírus.
 

O estudo, que não foi revisado por pares, descobriu que as pessoas infectadas com a Ômicron, especialmente aquelas que foram vacinadas, desenvolveram imunidade aprimorada à variante Delta.

 

A análise envolveu 33 pessoas vacinadas e não vacinadas que foram infectadas com a nova variante descoberta na África do Sul.

Embora os autores tenham constatado que a neutralização da Ômicron aumentou 14 vezes em 14 dias após o registro, eles também descobriram que houve um crescimento 4,4 vezes maior na neutralização da variante Delta.

 

“O aumento da neutralização da variante Delta em indivíduos infectados com Ômicron pode resultar na diminuição da capacidade dela de reinfectar esses indivíduos”, disseram os cientistas.

 

Alex Sigal, professor do Instituto de Pesquisa em Saúde da África na África do Sul, disse no Twitter, na segunda-feira, que se a variante Ômicron for menos patogênica do que aparentava na experiência sul-africana, “isso ajudará a expulsar a Delta”.

 

De acordo com um estudo sul-africano anterior, há redução do risco de hospitalização e doença grave em pessoas infectadas com a nova variante do coronavírus em comparação com a Delta, embora os autores digam que parte disso é provavelmente devido à alta imunidade da população.

 

A variante Ômicron, detectada pela primeira vez na África do Sul e em Hong Kong em novembro, espalhou-se pelo mundo e ameaçou sobrecarregar hospitais e interromper os planos de viagem nesta semana de feriado, com milhares de voos cancelados pelo mundo.


CNN Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente