sexta-feira, 8 de outubro de 2021

Petrobras anuncia reajustes de 7,2% nos preços da gasolina e gás de cozinha

A Petrobras anunciou nesta sexta-feira (8) que vai reajustar o preço de venda da gasolina e do GLP, o gás de cozinha. O aumento nos preços passa a valer neste sábado (9) e acontece para evitar desabastecimento, segundo a empresa.

Com a mudança, o preço médio de venda da gasolina para as distribuidoras passa de R$ 2,78 para R$ 2,98 por litro. O reajuste representa aumento de 7,19% no preço do combustível para as distribuidoras. Segundo a companhia, a alta da gasolina acontece após 58 dias de estabilidade.

 

Já o GLP vai ficar 7,22% mais caro. O preço sai de R$ 3,60 para R$ 3,86 por kg, o equivalente a R$ 50,15 por 13 kg.

Segundo a empresa, as altas “refletem parte da elevação nos patamares internacionais de preços de petróleo, impactados pela oferta limitada frente ao crescimento da demanda mundial, e da taxa de câmbio, dado o fortalecimento do dólar em âmbito global”.

 

Aumento nos preços

 

A gasolina vem impactando a inflação nos últimos meses. Na divulgação do IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) de setembro, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) ressaltou que a gasolina já aumentou 39,60% em 12 meses.

 

Em setembro, a média nacional do botijão de 13 kg do GLP chegou a R$ 98,70. É o maior valor médio real da série histórica conduzida pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), iniciada em 2001.

 

O valor fica cerca de R$ 20 acima da média praticada há um ano, quando o item custava, em média, R$ 77,40, em valores corrigidos pela inflação.


CNN Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente