quarta-feira, 8 de dezembro de 2021

Benes avalia retirada de candidatura ao governo para disputar reeleição à Câmara

Apesar de querer manter sua pré-candidatura ao governo do Rio Grande do Norte, o presidente do Republicanos no Estado, deputado federal Benes Leocádio, está sendo pressionado pelo diretório nacional do seu partido a brigar pela sua reeleição nas Eleições de 2022 e sustentar sua cadeira na Câmara Federal. Em entrevista exclusiva ao jornal Agora RN, nesta terça-feira 7, ele afirmou que, ao contrário do que vem sendo veiculado na mídia, não desistiu da candidatura majoritária, mas não descartou a possibilidade de concorrer à reeleição.

“Não é verdade que eu desisti da minha pré-candidatura ao governo do RN. O partido pediu para que eu reavaliasse se devo manter o projeto de deputado federal. E, como eu sou o único integrante da sigla com mandato federal aqui no Estado, o Republicanos acha, por bem, mantermos a cadeira de deputado federal. Assim como foi em 2018, quando o meu partido não aceitou que eu fosse candidato a vice na chapa majoritária com Robinson Faria”, disse.

Benes afirmou ainda que o partido, por meio de uma decisão do diretório nacional, fez um apelo para que ele repense se deve ou não manter a campanha proporcional (ao cargo de deputado federal) ao invés da chapa majoritária. Isso porque o partido Republicanos tem por prioridade eleger, nas eleições do próximo ano, deputados federais em todo o Brasil. “Nos próximos dias, devo me reunir com os meus apoiadores para tomarmos uma decisão final”, esclareceu.

 

Embora garanta que o diretório nacional do Republicanos não tenha definido nenhum prazo para que o deputado bata o martelo e tome a decisão final, Benes afirmou que sua decisão será tomada e tornada pública ainda nesse mês de dezembro. Para Benes Leocádio, o Republicanos está preocupado em manter a cláusula de barreira – norma que impede ou restringe o funcionamento parlamentar ao partido que não alcançar determinado percentual de votos em uma eleição.

 

“Nesse contexto, mantermos a vaga de deputado federal é fundamental, para que o partido alcance a cláusula de barreira, que vai impactar nas questões de tempo em televisão, fundo eleitoral e partidário”, disse. Apesar disso, o Agora RN apurou que Benes Leocádio se reuniu com o presidente do Republicanos, Marcos Pereira, e com o líder da bancada, deputado federal Hugo Motta, na última semana, quando teria reafirmado sua intenção de se reeleger como deputado federal.

 

“Também não tenho decisão nenhuma”, sobre quem apoiaria caso desistisse.

 

Questionado sobre a possibilidade de deixar de lado a corrida eleitoral para a vaga de governador do Estado, quem o deputado apoiaria, ele afirmou, “também não tenho decisão nenhuma. Primeiro, ainda não tomei a minha decisão de continuar sendo ou não pré-candidato a chapa majoritária, então, isso (de apoiar alguém para o governo do Estado) ficará para outro momento”, definiu.

 

Essa não é a primeira vez que o presidente estadual do Republicanos no RN demonstra incerteza em relação a disputar a cadeira de governador do Rio Grande do Norte contra a governadora Fátima Bezerra (PT), que busca a reeleição.

 

Reportagem publicada pelo Valor Econômico nesta segunda-feira 6, apontou as dificuldades que a oposição a Fátima Bezerra enfrenta para montar um palanque forte o suficiente para derrotar a petista. O texto descreve ainda que Benes Leocádio não pretende disputar o governo do RN, mas sim, busca a reeleição em 2022.


AgoraRN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente