terça-feira, 17 de maio de 2022

Rio Grande do Norte terá chuvas durante a semana

Foto: Everton Dantas 
Após registrar chuvas acima dos 100 milímetros no final de semana, o Rio Grande do Norte deve ser de mais precipitações. De acordo com o portal Clima Tempo e o Sistema de Monitoramento da Emparn, o tempo deve ser de sol com nuvens durante o dia e com chuvas a qualquer hora. Na capital, a temperatura deve variar entre 23 e 31 graus.

 

Além de Natal, a previsão para semana é de chuvas também nas regiões do Alto Oeste, Mossoró e Litoral. Devem ser registradas chuvas em todas as regiões na quinta-feira(19). Nos demais dias, a previsão é de céu parcialmente nublado a claro em todas as regiões.

 

Nos municípios da área do Litoral Potiguar, como Natal, os termômetros deverão variar entre 22°C nas madrugadas e 32°C, durante as tardes. No interior, a previsão de temperaturas entre 20°C e 24°C.

O Sistema de Monitoramento da Emparn pode ser acessado pelo endereço eletrônico emparn.rn.gov.br, aba Meteorologia ou pelo meteorologia.emparn.rn.gov.br. Lá estão disponíveis boletins pluviométricos diários por município, região, previsão do tempo, zoneamento agrícola e outros dados relacionados.

 

O Sistema de Monitoramento da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn) registrou chuvas acima de 100 milímetros no final de semana. O boletim pluviométrico registrou precipitações em todas as regiões do estado, com maiores acumulados nos municípios, por região, de Encanto (Oeste Potiguar) com 102,6mm, Serra Negra Potiguar (Central Potiguar) com 88,6mm, Vila Flor (Leste Potiguar) com 62,8mm e Lagoa D´Anta (Agreste Potiguar) com 38,8mm.

 

De acordo com as análises da unidade de meteorologia da Emparn, a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) segue atuando no território potiguar e as águas oceânicas, próximas ao litoral, seguem mais aquecidas. “A atuação da ZCTI é uma importante condição meteorológica que favorece a formação de nuvens e a ocorrência de chuvas no estado”, comentou o meteorologista da Emparn, Gilmar Bristot.

 

No Rio Grande do Norte, o volume de chuvas está 8,6% acima da média esperada para os quatro primeiros meses de 2022, até o dia 24 de abril. O sistema de monitoramento da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn) registrou um volume médio no período de janeiro a abril deste ano de 466,7 milímetros (mm) em todo o estado, enquanto o esperado era de 429,8 mm. A região que mais recebeu carga d'água foi o Oeste Potiguar, com o acumulado de 560.6mm.

 

Para os potiguares, a boa incidência de chuvas significa esperança de boa safra e colheita na produção agrícola, além da segurança hídrica no abastecimento de água dos municípios, com aumento das reservas que, atualmente, alcançam 43,59% da sua capacidade total, divulgado pelo Instituto de Gestão das Águas do Estado (Igarn) no dia 18 de abril.

 

“Nesse final de abril e início de maio, as chuvas continuarão ocorrendo em todas as regiões, com bons índices, devido as boas condições termodinâmicas dos oceanos atlântico e pacífico”, explica o chefe do setor de meteorologia da Emparn, Gilmar Bristot.


Tribuna do Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente