sábado, 8 de fevereiro de 2020

CADÊ A FEIRA QUE SERIA AQUI? – Promessa não cumprida pelo prefeito de Angicos

O prefeito de Angicos, Deusdete Gomes prometeu desde o início do seu mandato, que organizaria a feira livre da cidade, para ofertar um padrão de higiene, organização e qualidade de produtos, a população local. Além disso, essa ação também ajudaria a organizar o trânsito que é muito ruim aos sábados, no centro da cidade.

Passados mais de três anos, eis que não vemos nada resolvido. Havia a promessa, dita de público em reuniões junto aos comerciantes, de que a prefeitura iria organizar, proporcionar um espaço amplo destinado as bancas e barracas, assim como padronizar as instalações, com cores e tamanhos uniformes, assim como outros detalhes que ajudassem a tornar o local melhor e mais confortável.

Logo no primeiro mês de gestão, ainda no mês de janeiro de 2017, a administração prometeu ao povo que iria rapidamente cumprir o que havia prometido em campanha. Na reunião, CLIQUE AQUI E LEIA (matéria da época do blog, que acompanhou tudo) ficou decidido que “Tudo agora ficaria concentrado em uma rua extensa, no largo do “Mercado do Peixe”, (Rua Joaquim Bernardes) e ali quase tudo pode estar organizado, com exceção das bancas dos vendedores de carnes, que continuariam na frente do “Mercado da Carne” (Rua José Tibúrcio da Costa). Posteriormente todas as bancas iriam receber a mesma padronização, como uma forma de organizar visualmente e com cores. Explicou o prefeito.

Todos aprovaram a ideia proposta pelo prefeito Deusdete Gomes, que aconteceu durante o encontro com os feirantes. Naquele momento o prefeito afirmou: “irei buscar recursos para a implantação e realização da “Nova Feira Livre” de Angicos.”

Mas três anos depois, a promessa não foi cumprida e a população continua esperando por uma coisa que nunca veio a acontecer. Quem sabe, depois dessa matéria, o gestor lembre o que deve ao povo e faça finalmente o que deveria ter feito há muito tempo.
Modelo de Feira Livre organizada

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente