quinta-feira, 13 de fevereiro de 2020

Setor de serviços no RN tem a primeira alta em cinco anos, aponta o IBGE


O volume de serviços no Rio Grande do Norte aumentou 0,7% em 2019, interrompendo uma sequência de cinco anos de resultados negativos. A última alta ocorrera em 2014, com alta de 2,6% do setor.

Entre 2015 e 2018, os segmento teve uma sequência de resultados negativos. O pior momento do setor aconteceu em 2018, com queda de 6,8%. Os dados são da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS) divulgada nesta quinta-feira pelo IBGE. O crescimento foi puxado principalmente pelo setor de informação e comunicação, que acumulou alta de 3,3% no ano.

Entre as atividades de informação e comunicação, a que mais influenciou o resultado positivo do ano foi o de portais, provedores de conteúdo e outros serviços de informação na internet.

Outro destaque positivo foram serviços de locação de automóveis, que podem ser influenciados tanto pela mudança de comportamento do consumidor, que opta por não ter carro, quanto pelo aumento de motoristas de aplicativo, que alugam o veículo para trabalhar.

Em todo o país, segundo o IBGE, o volume de serviços aumentou 1% em 2019, interrompendo uma sequência de quatro anos sem resultados positivos: 2015 (-3,6%), 2016 (-5,0%), 2017 (-2,8%) e 2018 (0%).

“Em 2018 nós tivemos uma estabilidade e agora temos uma volta ao campo positivo, lembrando que entre 2015 e 2017 tivemos uma perda acumulada de 11%, então essa alta é importante, mas ainda está longe de alcançar o melhor resultado no setor de serviços”, avalia o gerente da pesquisa, Rodrigo Lobo.

Agora RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente