quarta-feira, 19 de agosto de 2020

Lua Azul rara poderá ser vista em 31 de outubro

A pandemia causada pelo novo coronavírus atrapalhou muitos planos, mas não impediu que pudéssemos acompanhar espetáculos celestiais que continuam tomando o céu neste ano. O próximo evento deve ser a Lua Azul. Famosa por ser a segunda lua cheia em apenas um mês, esta fase do satélite natural da Terra poderá ser vista em 31 de outubro.

A primeira lua cheia do referido mês deve ocorrer em 1º de outubro. Apesar de apelidada de azul, ela poderá não ter realmente este aspecto. Isto porque para tal aparência, o astro depende de a atmosfera estar preenchida com pó de tabaco ou partículas de um certo tamanho.

Mas vale lembrar que, assim como há chances de a Lua Azul aparecer para nós, também há chances desta visualização ser impossível. Levando em conta que somente uma lua cheia deve aparecer por mês, depois de outubro, esta característica única da lua poderá ser vista novamente apenas em 2039.
  
Lua Azul
A lua que veremos em 31 de outubro é chamada de Lua Azul por ter desenvolvido este aspecto em ocasiões específicas: erupção vulcânica no Monte Santa Helena, EUA, em 1980; na erupção do Monte Krakatona, na Indonésia, em 1983; e na erupção do Monte Pinatubo, nas Filipinas, em 1991. Os eventos fizeram com que o astro apresentasse aspecto significativo de azul, por isso a justificativa do nome.

Mas cabe frisar que na verdade existem dois tipos de luas azuis. A lua cheia pode ser considerada azul quando é a segunda lua cheia em apenas um mês. Esta característica específica a faz ser chamada de Lua Azul Mensal, como a que teremos em 31 de outubro. Mas também existe a Lua Azul Sazonal, quando este fenômeno ocorre coincidindo com a terceira lua cheia de quatro delas em uma única estação.

Próximas luas
Até o fim do ano, a lua deve presentear a Terra com outras lindas visões. Em 30 novembro, ocorre a Beaver Moon ou Lua do Castor, caracterizada por aparecer em um período onde castores iniciam construções de barragens para se protegerem. Para fechar os eventos celestiais com chave de ouro, em 30 de dezembro ocorre a Cold Moon ou Lua Fria, que representa os períodos longos, frios e escuros do inverno.

Olhar Digital

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente