terça-feira, 18 de agosto de 2020

Ministério Público manda prefeito de Angicos trocar a cor dos prédios ou mudar a cor da campanha

O promotor de Justiça da comarca de Angicos, Augusto Carlos Rocha de Lima, e o promotor eleitoral da 18ª Zona, que possui sua sede na mesma cidade, Alysson Michel de Azevedo Dantas, expediram uma recomendação que é dirigida ao prefeito do referido município, na região Central potiguar, Deusdete Gomes.

Orienta o gestor municipal no sentido de que “se abstenha de usar em campanha a cor amarela, ou, alternativamente, mude as cores dos prédios públicos de Angicos para cor que não faça referência a partido político ou coligação, em 15 dias”.

Dentre os argumentos que foram expostos para embasar a adoção da referida providência ministerial, os dois fiscais da lei frisaram que “há notícias de que o atual prefeito de Angicos, possível candidato à reeleição no pleito municipal de 2020, cogite usar em sua campanha a cor amarela, mesmo depois de ter pintado boa parte dos prédios públicos municipais com essa cor, usando recursos públicos”.
Cópia da Recomendação nº 2020/0000266477, que tem referência com o Inquérito Civil nº 119.2020.000163, instaurado na Promotoria de Justiça angicana, ocupa espaço na edição desta terça-feira (18) do Diário Oficial do Estado do RN. (Veja a publicação clicando AQUI)

AlexSilvaAssú

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente