segunda-feira, 17 de maio de 2021

Covid-19: RN tem taxa de ocupação de leitos de UTI acima de 95% nesta segunda-feira (17)

Hospital de Campanha de São Gonçalo do Amarante na Grande Natal Covid-19 UTI leitos clínicos Rio Grande do Norte aparelho saturação — Foto: Sandro Menezes

O Rio Grande do Norte inciou esta segunda-feira (17) com a taxa de ocupação dos leitos públicos de UTI Covid-19 acima de 95%. É o que aponta a plataforma Regula RN, usada pelo governo estadual para monitoramento da situação da pandemia no estado. A consulta foi realizada às 13h45.

As situações mais críticas são na Região Oeste, que atualmente está com 99% dos leitos ocupados, e na Região Seridó, que tem 97,5% de ocupação. A Região Metropolitana está atualmente com 93,8% de ocupação.

A taxa de ocupação no estado está na casa dos 90% desde o início de março. Desde o dia 1º de março, apenas duas vezes esse percentual ficou abaixo dos 90% - nos dias 23 de abril e 5 de maio chegou a 89%.

 

Ao todo, o estado conta atualmente com 414 leitos públicos de UTI para a doença e tem 368 deles ocupados e 17 disponíveis. Ao todo, 29 estão bloqueados - ou por falta de insumos e medicamentos ou por falta de profissionais.

O Regula RN também aponta que 60 pacientes estão aguardando por um leito de UTI no estado para apenas os 17 disponíveis.

 

Na última quarta-feira, dia 16 de maio, o Rio Grande do Norte teve o segundo maior número de solicitações para leitos de UTI desde o início da pandemia: 146 em um dia só. O maior foi no dia 15 de março, com 149.

 

Ao todo, 18 hospitais do Rio Grande do Norte estão com 100% de ocupação dos leitos para Covid-19. Outros cinco estão com ocupação igual ou acima de 80% e apenas dois - Unidade Infantil Integrada de São Paulo do Potengi e Hospital Dr. José Pedro Bezerra - estão abaixo desse nível.

 

O Regula RN também aponta que atualmente 37% dos internados do estado são idosos - os outros 67% são pessoas abaixo de 60 anos. Segundo o Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde da UFRN, a campanha de vacinação contra a Covid-19 reduziu a internação de idosos por Covid-19 no estado.

 

De acordo com o levantamento, durante a primeira onda da Covid-19, em julho e 2020, as pessoas com mais de 60 anos representavam 75% do número de internados.


G1RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente