sexta-feira, 14 de maio de 2021

Prefeito Pinheiro garante mais de R$ 2 milhões de recursos federais em Brasília

O prefeito de Angicos Miguel Pinheiro Neto viajou a Brasília no início da semana, em busca de recursos para investimentos no município de Angicos. Depois de dois dias de intenso trabalho, com visitas a ministérios e parlamentares, acompanhado do chefe de gabinete João Maria Pinheiro, do vereador Jalmir Filho e do assessor político Jalmir Dantas, o gestor conseguiu captar um grande aporte de recursos para o município.

 

Os recursos deverão ser utilizados para investimentos em diversas áreas, especialmente em saúde, educação, obras, agricultura e cultura.

 

Com verbas garantidas em mais de dois milhões de reais, Pinheiro retorna com a certeza da construção de uma UBS – Unidade Básica de Saúde, garantida pelo deputado federal Walter Alves no valor de R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais), além de verbas pra saúde garantidas pela senadora Zenaide Maia no valor de R$ 200.000,00 (duzentos mil reais) e investimentos para a cultura e esportes no valor de R$ 360.000,00 (trezentos e sessenta mil reais), alocados pelo deputado federal Gen Girão.

 

O prefeito, com a colaboração do vereador Jalmir Dantas, conseguiu o valor de R$ 500.000,00 (quinhentos mil reais) junto ao deputado federal Rafael Motta, sendo R$ 250.000 (duzentos e cinquenta mil reais) para a compra de uma ambulância semi-UTI, R$ 200.000.00 (duzentos mil reais para custeio da saúde local e R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais) para perfuração de poços artesanais na Zona Rural.

 

No final dessa primeira viagem, o prefeito Pinheiro expôs sua satisfação: “Esse primeiro contato com os parlamentares e ministros em Brasília foi relevante e a nossa presença, minha e dos meus acompanhantes, foi de fundamental importância para conseguir esses recursos, que irão ajudar muito o povo de Angicos. Como eu disse antes, o nosso município é carente e sempre estamos precisamos de dinheiro e investimentos federais pra melhorar os diversos setores da cidade, tão sofrida, que ficou sem avanço nos últimos anos.”

 

Assecom PMA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente