terça-feira, 22 de fevereiro de 2022

Homem mata ex-mulher a tiros e comete suicídio em seguida dentro de apartamento na Grande Natal

Um homem matou uma mulher a tiros e depois tirou sua própria vida dentro de um apartamento em um condomínio de Nova Parnamirim, bairro de Parnamirim, região metropolitana de Natal. O crime aconteceu na manhã desta terça-feira (22).


As mortes foram confirmadas pela Polícia Militar no início da tarde. O crime aconteceu no condomínio Top Life, que fica localizado na avenida Maria Lacerda Montenegro.

 

A Polícia Militar do Rio Grande do Norte enviou várias viaturas ao local, ao receber o chamado para um caso de refém, por volta das 11h.

Chegaram ao local equipes do 3º Batalhão, da Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas (Rocam), do Batalhão de Choque (BPChoque) e do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope).

 

No entanto, segundo a corporação, ao entrar no apartamento, após o meio-dia, os militares do Bope encontraram vítima e agressor já sem vida.

 

"Havia a princípio informações de que poderia ter refém no local, o Bope fez o cerco necessário, tentou verificar a possibilidade de negociação, mas houve silêncio completo. Infelizmente, ao entrar, constatou a presença de dois corpos dentro do apartamento: um na cozinha e outro na entrada de um dos quartos", afirmou o major Marcelo Litwak, porta-voz da PM.

 

Um vídeo feito por câmeras de segurança do condomínio mostra policiais militares dentro do prédio, entrando em um elevador.

 

As informações iniciais recebidas pela PM é de que o homem e mulher eram marido e esposa, que estavam em processo de separação. A vítima e o agressor ainda não foram identificados oficialmente.

Segundo o major Litwak, a mulher teria ido ao local com uma filha para realizar a sua mudança, quando o ex-companheiro chegou ao apartamento, tirou a filha do local e se trancou com a ex-companheira.

 

Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência também chegou ao local por volta do meio-dia, mas deixou o condomínio pouco tempo depois, com a confirmação dos óbitos.

 

A Polícia Civil e o Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) foram acionados para recolher os corpos, e iniciar o processo de perícia e investigação do caso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente