quinta-feira, 7 de abril de 2022

Morre o angicano Garibaldi Alves, pai do ex-governador Garibaldi Filho

Faleceu na madrugada desta quinta-feira (7), aos 98 anos, o ex-senador e ex-vice-governador Garibaldi Alves, pai do ex-governador Garibaldi Filho. A morte ocorreu por volta das 4h30, por causas naturais devido à idade do político potiguar, que estava em casa, em Natal.

 

Natural de Angicos, filho de Manuel Alves Filho e Maria Fernandes Alves, irmão dos também políticos Aluízio Alves e Agnelo Alves. É viúvo de Vanice Chaves Alves desde 2019. Garibaldi Alves foi deputado estadual por três mandatos, entre 1957 e 1969. 

 

Entre 1987 e 1991, Garibaldi foi vice-governador durante a gestão de Geraldo Melo e, em 2011, assumiu uma cadeira no Senado Federal como suplente da então senadora Rosalba Ciarlini, que havia sido eleita para o Governo do Estado. Permaneceu por quatro anos no cargo.

O velório está programado para começar ao meio dia. A missa vai acontecer às 17h e o enterro às 18h, no Morada da Paz, em Emaús.

 

Notas

 

O Tribunal de Contas do Estado (TCE-RN) lamentou a morte do político em nota enviada à imprensa. "Tribunal de Contas do Estado, em nome de todos os seus membros, servidores e colaboradores, manifesta o mais profundo pesar pelo falecimento, nesta quinta-feira (7/4), do ex-senador e ex-vice-governador do Rio Grande do Norte, Garibaldi Alves, pai do conselheiro Paulo Roberto Alves, presidente do TCE".

 

A governadora Fátima Bezerra (PT) também prestou solidariedade à figura do político em nota na sua conta pessoal do twitter. "Com pesar, recebo a notícia do falecimento do ex-senador Garibaldi Alves. O seu nome tem um importante significado para a política do RN. Que Deus possa consolar o seu filho, o ex-governador Garibaldi Filho, o seu neto, o deputado Walter, e demais familiares e amigos nesta hora".

 

O Movimento Democrático Brasileiro do Rio Grande do Norte (MDB-RN), que tem como um dos fundadores o próprio Garibaldi Alves, emitiu também uma nota de falecimento na manhã desta quinta-feira (7).


Tribuna do Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente