segunda-feira, 11 de abril de 2022

Operador do Sistema Elétrico diz que conta de luz deve ficar sem taxa extra até o fim do ano

O diretor-geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), Luiz Carlos Ciocchi, afirmou nesta segunda-feira (11) que a expectativa é a bandeira tarifária — taxa extra aplicada às contas de luz — ficar na cor verde até o fim do ano, isto é, sem cobrança a mais para os consumidores.

 

O ONS é um órgão vinculado ao governo federal e controla a produção e a distribuição de energia. A definição sobre a aplicação da bandeira tarifária na conta de luz cabe à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

A bandeira variava entre as cores verde, amarela e vermelha (patamares 1 e 2). No entanto, está em vigor desde setembro do ano passado a bandeira "escassez hídrica", a mais cara do sistema (acima da vermelha patamar 2).

 

Na semana passada, o governo anunciou a antecipação do fim da bandeira "escassez hídrica", que adicionou à conta de luz R$ 14,20 a mais para cada 100 quilowatts/hora (kWh) consumidos.

 

A partir de sábado (16), passará a vigorar a bandeira tarifária na cor verde, isto é, sem custo adicional para o consumidor (veja no vídeo abaixo).

 

O sistema de bandeiras tarifárias funciona conforme o custo de produção de energia. Ou seja, quanto maior o custo de produção, maior a taxa extra aplicada na conta de luz.


G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente