segunda-feira, 27 de janeiro de 2020

Disputa pela prefeitura: Angicos já tem vários pré-candidatos para as eleições de outubro


Falando sobre a política de Angicos, podemos observar claramente que alguns nomes já se deslocam em direção ao executivo municipal.

Entre estes, podemos destacar alguns, que já estão mais adiantados.

Dentro da Situação, e já claramente em pré-campanha, está o prefeito Deusdete Gomes (PSDB), que utiliza todos os canais oficiais e não oficiais da mídia, além de seguidores, para colocar sua candidatura à reeleição na rua.

Na oposição surgem nomes como o do ex-vereador Grimaldi Alves, que reivindica o direito de ser candidato dentro do grupo do ex-prefeito Dr. Ronaldo. Além dele, e dentro do mesmo grupo, temos o nome de Cinara Dantas, que foi duas vezes secretária municipal, e recebeu muitos elogios pelo grande trabalho que realizou quando esteve à frente da Pasta da Ação Social, onde se destacou de forma larga e ampla. Ela tem muito peso e seria a candidata natural do grupo nas eleições de 2016, caso tivesse acontecido o impedimento de Ronaldo.

Ainda temos o nome do vereador Marcos Loló, que já se articula publicamente, assim como já avisou ao prefeito Deusdete que será oposição a este na disputa pela prefeitura. Ele irá deixar o MDB pra se filiar ao partido do deputado Benes Leocádio.

Por sua vez, o maior partido de Angicos, o MDB, que tem como nome de destaque pra disputa o do vice-prefeito Pinheiro Neto, também se movimenta, busca consolidar um nome que venha a fazer frente a atual gestão, e desde que aconteceu o rompimento com o prefeito Deusdete, vem buscando espaços e construindo um projeto de governo. A sigla é tradicional e tem uma grande parcela do eleitorado local, e se fortalece a cada dia.

Todos estes citados (com exceção do prefeito) se posicionam no grupo Oposicionista na atualidade. De acordo com informações que chegam até a nossa redação, já existe uma união desses para, em consenso e através de pesquisa em tempo definido, decidir o cabeça da chapa e seu vice, candidatos a prefeito e vice-prefeito.

A união dessas forças pode definir os rumos da eleição de 2020.

Mas ainda temos também a Esquerda se movimentando no tabuleiro do xadrez político da cidade, e os nomes de “Titico de Ambito” e “Modesto Neto” correm paralelamente, visando construir aliança que viabilize uma candidatura da Esquerda (PT e PSOL).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente