domingo, 26 de janeiro de 2020

É REAL! - CIA da PM de Angicos corre risco de mudar pra Lajes – de quem é a culpa?


A nossa redação teve acesso a informações diretas da Secretária de Segurança Pública do estado do RN, sobre a questão da possível saída da 2ª Companhia de Polícia sediada em Angicos.

De acordo com o que foi passado, em reunião durante a semana passada, o Secretário de Segurança Coronel Francisco Canindé de Araújo Silva, (Coronel Araújo) disse que existe a possibilidade real da mudança da sede da Cia da PM de Angicos para a cidade de Lajes. Está sendo estudada a possibilidade disso acontecer por alguns sérios fatores.

De acordo com o secretário, o comando estadual da PM foi destratado pelo atual prefeito Deusdete Gomes, que chegou a questionar o trabalho da polícia.

Segundo o próprio secretário, o gestor de Angicos se negou a ceder o básico do básico a PM, que seria alimentação, ajuda na manutenção e ajuda no abastecimento da pequena frota de veículos local.
De acordo com essa informação, se gerou um mal estar terrível, onde os policiais se sentiram desprezados e constrangidos. Isso se somou com as condições precárias da estrutura física do local, e ocasionou a mudança temporária do efetivo para a cidade de Fernando Pedroza, onde recebeu apoio da gestão daquele município.

Segundo o secretário, a cidade de Lajes está oferecendo exatamente o que o prefeito de Angicos se nega até hoje a ofertar: Alimentação para os PMs de serviço, ajuda no combustível e manutenção dos veículos, além de manutenção e cuidados com a estrutura física.

Se isso acontecer, se a mudança se concretizar, teremos aumento da insegurança em Angicos.

A esperança agora, é que as conversas que já tiveram início, envolvendo o vice-prefeito Pinheiro Neto, o presidente da câmara de Angicos, Cloves Tibúrcio, o vereador Tiago Braga e a cúpula da segurança estadual, comandada pelo coronel Araújo e junto ao comando geral da PM no estado, deem resultado e se consiga reverter o quadro, que já é complicado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente