sábado, 30 de julho de 2022

Brasil recupera fóssil de 1º dinossauro com penas; relíquia estava na Alemanha

 
O Brasil conseguiu recuperar o fóssil do primeiro dinossauro com penas descoberto no hemisfério Sul. A espécie, chamada de Ubirajara jubatus, viveu no Cariri cearense séculos atrás e estava exposta, ilegalmente, em um museu da Alemanha há 17 anos.  

De acordo com reportagem do UOL, a peça deixou o Brasil de forma ilegal há 27 anos. A volta ao seu país de origem só irá acontecer graças a uma campanha realizada por cientistas brasileiros que ergueram a hashtag #UbirajaraBelongstoBR para a reaquisição da relíquia paleontológica. 

“Temos uma postura clara: se houver objetos em nossas coleções de museus que foram adquiridos sob condições legal ou eticamente inaceitáveis, a devolução será considerada”, disse a ministra da Ciência, Theresia Bauer, ao UOL. 

O Conselho de Ministros de Baden-Württemberg, da Alemanha, aprovou o pedido no último dia 19 e reconheceu que a exportação e a aquisição foram irregulares. Segundo a paleontóloga e professora Aline Ghilardi, da UFRN (Universidade Federal do Rio Grande do Norte), e criadora da campanha no Twitter, casos de tráfico de fósseis são muito discutidos, mas esse foi o que mais chamou sua atenção. 

“Foi uma descoberta fascinante. Mas a data informada da retirada desse fóssil do Brasil, 1995, me chamou muito a atenção e também me entristeceu”, disse.  

Fonte: Olhar digital

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente