sexta-feira, 29 de julho de 2022

Fábio Dantas ainda espera apoio de Álvaro Dias para disputa pelo Governo

A posição do prefeito de Natal, Álvaro Dias (PSDB), na eleição para o Governo do Estado, segue indefinida. Oposição à governadora Fátima Bezerra (PT), o chefe do Executivo da capital não anunciou apoio a nenhuma candidatura. Principal interessado no apoio de Álvaro Dias, o pré-candidato ao Governo do Estado Fábio Dantas (Solidariedade) disse que ainda não conversou com o prefeito, mas respeitará qualquer posicionamento por parte do gestor.

 

Em entrevista ao Jornal da Manhã, da Jovem Pan News Natal, Fábio Dantas falou sobre o andamento da pré-campanha e, na avaliação dele, os meses após a confirmação de seu nome para disputar o Governo do Estado foram positivos. O pré-candidato disse que, mesmo sendo desconhecido por 73% da população, conseguiu apoio que não é comum para candidatos de oposição.

 

"Eu tenho 93 prefeitos apoiando, sendo 35 oposições confirmadas no interior. Chego sem estrutura de poder, até a gasolina do meu carro sou eu que boto. (Os prefeitos) Nos apoiam pelo sentimento que ouvem em sua cidade. Sou o maior candidato de oposição dos últimos 30 anos, com relação a apoios. Temos uma capilaridade. E chego à frente de Fátima ainda no primeiro turno", projetou Fábio Dantas.

Entre os mais de 90 apoios de prefeitos que contabiliza, Fábio Dantas não está contabilizando, até o momento, o prefeito de Natal. O pré-candidato afirmou que não chegou a conversar com Álvaro Dias sobre o pleito e, mesmo enaltecendo a importância do apoio do prefeito da capital, acredita que o eleitorado de Natal já tem se posicionado contra a governadora Fátima Bezerra.

 

"Ninguém pode desprezar o apoio de um prefeito de Natal. Torço muito para que Álvaro nos apoie nesse projeto, mas vou respeitar também se ele não convergir conosco. É uma opção dele. Natal é uma cidade livre. Sou daqui e não disputo com Álvaro a eleição. Se eu tiver o apoio, vou achar bom. Mas a oposição está à frente de Fátima em Natal, como tem sido historicamente. Se Álvaro vier, será o capitaneador dessa vitória em Natal, mas não posso exigir de ninguém", disse Fábio Dantas.

 

Sobre os motivos pelos quais Álvaro Dias não anunciou apoio à candidatura, Fábio Dantas disse que não tem a informação. Questionado se a candidatura de Adjuto Dias, filho de Álvaro Dias, a deputado estadual pelo MDB pode ter influência, Fábio disse que pode, sim, ser uma dificuldade. Segundo o pré-candidato do Solidariedade, lideranças do MDB no interior do estado receberam pressão por parte do presidente estadual da legenda, Walter Alves, que é pré-candidato a vice-governador na chapa de Fátima Bezerra.

 

"Escutamos que há uma 'chave de roda' na oposição. Os prefeitos do interior receberam a chave de roda de Walter Alves e alguns decidiram não atender e seguiram para nossa pré-candidatura", disse Fábio Dantas, falando que a medida faz parte da política e enfatizando que não disse que Álvaro Dias recebeu qualquer tipo de pressão.

 

Na entrevista à Jovem Pan News Natal, Fábio Dantas também falou sobre a pré-candidatura de Styvenson Valentim, sobre suas prioridades para uma eventual eleição e os rumos de sua candidatura.


Tribuna do Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente