terça-feira, 19 de julho de 2022

EUA rastreiam cidadãos por localização de celulares, diz organização.

 O Departamento de Segurança Nacional (DHS) dos Estados Unidos e suas agências de alfândegas, proteção fronteiriça e controle migratório tem realizado "compras massivas de dados de localização" de celulares de cidadãos sem ordem judicial, afirmou nesta segunda-feira (18) a União Americana pelas Liberdades Civis (ACLU), uma organização que luta para defender e preservar direitos dos cidadãos do país.

Os arquivos, obtidos pela ACLU no ano passado, através de uma processo amparado na lei de acesso a informação dos EUA (FOIA), "lançam mais luz sobre a capacidade do governo de obter nossa informação mais privada", afirmou a organização em um blog.

Os arquivos demonstram que o DHS usou "milhões de dólares dos contribuintes (...) para comprar acesso à informação de localização de telefones celulares" de cidadãos -americanos e estrangeiros - através de dados vendidos pelas empresas Venntel e Babel Street, acrescentou.

Segundo a ACLU, foram compradas "quantidades massivas" de informação, apesar de a Suprema Corte dos Estados Unidos proteger os dados de localização de celulares contra o acesso do governo sem ordem judicial. "A Suprema Corte deixou claro que o histórico de localização de nosso celular revela muitas informações privadas e merece a proteção total da Quarta Emenda", afirmou Nathan Freed Wessler, da ACLU, em nota publicada nesta segunda feira

fonte:Uol

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente