segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

AGRIPINO MAIA: INDECISÃO E CONDICIONANTE PARA REELEIÇÃO DE ROSALBA

O presidente do Democratas José Agripino Maia, concedeu entrevista ao Jornal de Fato,  e da sua entrevista, alguns pontos podem ser extraídos.
Primeiro, que ele vive uma grande indefinição no momento, tanto a nível nacional, quanto no plano local (leia-se RN).

Agripino respondeu a perguntas sobre a possível candidatura de Rosalba ao governo, e não falou nada de concreto, nem de sim, nem de não, disse que na convenção do partido isso será avaliado. Só não disse quando a convenção vai acontecer.

Falou que o governo Rosalba vive seu melhor momento, e citou obras importantes que estão sendo realizadas no atual governo, mas disse também que espera que ela viabilize outras mais, até o meio do ano. Isso foi dito como que um condicionante para que o partido libere a legenda.
O medo do senador é de ficar isolado. Não ele, mais o partido, e isso é uma grande ameaça ao mandato do filho Felipe Maia. Ele gostaria mesmo era de arranjar uma aliança confortável e manter a base do DEM no estado.

Tudo que Agripino intenta nesse momento é uma aliança, que possibilite manter o cacife eleitoral.
Durante a entrevista falou-se até em acordo com Wilma de Faria, pois o DEM a nível nacional pode estar se juntando ao PSB, de Eduardo Campos, que já lançou a pré-candidatura de Wilma ao governo.

Voltando ao governo da Rosa, ele não esconde que ficou mais isolado das decisões do que gostaria, e que como presidente do Democratas esperava mais.

Um comentário:

  1. Bom momento?o RN inteiro está insatisfeito com esse desgoverno chamado Rosalba,quem ganha a eleição é Vilma,não tenho dúvidas.

    ResponderExcluir

Reflita, analise e comente