terça-feira, 21 de janeiro de 2014

SISU: 486 ESTUDANTES CONFIRMAM MATRÍCULAS NA UFERSA NO 1º DIA

A movimentação no Auditório Amâncio Ramalho e na Divisão de Registro Escolar da Universidade Federal Rural do Semi-Árido é intensa nessa segunda-feira, 20, no segundo dia para a efetivação das matrículas dos estudantes selecionados pelo Sistema de Seleção Unificada – SiSU. Esse ano, a Ufersa oferece 2.500 vagas distribuídas nos dois semestres. No primeiro dia de matrículas, na última sexta-feira, 17. As matrículas dos candidatos selecionados na primeira chamada vão prosseguir até essa terça-feira, 21, nos quatro campi da Ufersa.

Os estudantes não selecionados pelo SiSU na primeira chamada devem ficar atentos para a 2ª convocação que vai acontecer no próximo dia 27 de janeiro, com as matrícula previstas para o dia 31 de janeiro, 3 e 4 de fevereiro de 2014. Com a relação a Lista de Espera o prazo para a adesão será de 27 de janeiro de 2014 até as 23 horas e 59 minutos do dia 7 de fevereiro.

 Entre os estudantes o clima é de muita expectativa com relação à entrada na Universidade. “Espero adquiri novos conhecimentos”, afirmou a caloura em zootecnia, Luana Karina Pessoa de Lima. Natural de Apodi, a estudante é técnica em zootecnia pelo IF Apodi.

Já o universitário Antônio Sergio Souto Filho, de Assú, que cursa sistema de informação em Angicos aproveitou o ENEM/SISU para mudar de curso. “Optei agora para Administração, em Mossoró, por ter mais afinidade com o curso”, alegou. Ele reconhece o nível de ensino oferecido pela Ufersa.


Beneficiado pelo sistema de cotas, Cleyton dos Santos Souza, saiu de Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, para estudar engenharia florestal em Mossoró. Classificado pelo SiSU após participar de três exames, o carioca justifica a vinda pelo curso. “Vou deixa o emprego de operador de máquinas numa fábrica de plástico para me formar no curso que sempre quis: engenharia florestal”, afirmou. Cleyton, de 25 anos, acredita que o sistema de cotas propiciou a entrada dele na Universidade. Universidade Federal Rural do Semi-Árido destinará 50% das vagas para estudantes cotistas.


Selecionada para estudar direito, a mossoroense Mariana Maria Nunes Izídio, optou pela Ufersa por vários motivos. Ela diz que morar em Mossoró, ser federal e cursar direito contribuiram para a sua escolha. “As minhas expectativas são boas, apesar do curso ser ainda novo, a Ufersa é uma universidade em ascensão, que mostrar bons resultados a sociedade”, justificou a universitária.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente