segunda-feira, 4 de julho de 2022

Grande Natal teve chuvas de até 226mm em 24 horas; veja boletim

As chuvas que ocorreram no Rio Grande do Norte entre o sábado (2) e domingo (3) causaram destruição e diversos transtornos à população. A região Leste do estado foi a mais atingida, principalmente na faixa litorânea. De acordo com o levantamento da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn), as chuvas chegaram a 245mm no acumulado entre o sábado e domingo.

 

As maiores chuvas foram registradas em Parnamirim, que acumulou 226mm em 24 horas (entre a manhã do domingo e manhã desta segunda-feira (4), além de outros 18.8mm no sábado. Em Natal, foram 194mm no acumulado entre os dois dias, com 164.5mm somente em um dia. Arez (188mm), Nísia Floresta (180mm) e Vila Flor (175mm) também tiveram grandes chuvas, assim como Touros, Maxaranguape, Pedro Velho, Passagem, Jundiá, Brejinho e Ielmo Marinho, que registraram chuvas superiores a 100mm.

Em média, as chuvas no litoral potiguar atingiram, em um dia, metade do previsto para todo mês de julho. Natal decretou calamidade e a Defesa Civil dos municípios da Grande Natal e do Estado estão em prontidão para sanar possíveis nossos problemas de correntes das chuvas do fim de semana, principalmente nas áreas de encostas.

 

Para esta segunda-feira, a Emparn prevê chuvas de baixa intensidade em quase todo o estado, com tempo parcialmente nublado. Para a faixa litorânea, no entanto, ainda há a previsão de tempo nublado com chuvas e trovoadas. 

 

Confira boletim aqui.


Tribuna do Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente