sábado, 9 de julho de 2022

Raiva: entenda sintomas e transmissão da doença que voltou a contaminar humanos depois de 44 anos no DF

 Uma doença infecciosa com 99% de taxa de letalidade. A raiva atinge mamíferos, inclusive humanos, e é transmitida pelo contato com a saliva de um animal infectado, por meio de mordidas, lambeduras ou arranhaduras.

Na terça feira (5) a SES-DF(secretaria de saúde) confirmou o primeiro caso de raiva Humana desde 1978 na capital federal, em um adolescente com idade entre 15 e 19 anos. Ele levou um arranhão de um gato, em maio, e está internado em estado grave em um hospital particular. 

A infecção pela raiva humana ocorre após o vírus se multiplicar no local da lesão, assim atingindo o sistema nervoso periférico mais próximo. Uma vez atingido, o vírus continua se replicando até alcançar o sistema nervoso central (composto pela medula e cérebro).

Por fim, o vírus se espalha para demais órgãos do corpo e glândulas salivares, onde continua a replicação e eliminação. Por isso, a salivação é um dos sintomas mais claros da raiva.

O aparecimento dos sintomas ocorre entre 7 e 10 dias depois da infecção. Para prevenção, a vacinação é a melhor opção.

Fonte: G1


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente