segunda-feira, 18 de julho de 2022

Rússia aplica multa equivalente a R$ 1,9 bilhão contra o Google por falhas na remoção de conteúdo

 Um tribunal na Rússia multou o Google em 21,1 bilhões de rublos (cerca de R$ 1,9 bilhão) nesta segunda-feira (18) por falhas repetidas na remoção de conteúdo considerado ilegal pelo governo, informou o regulador de comunicações russo Roskomnadzor.

A agência disse que a plataforma de vídeos YouTube, do Google, não bloqueou "informações falsas" sobre a ofensiva na Ucrânia, nem conteúdos que "propagam o extremismo e o terrorismo" ou "convidam menores a participar de manifestações não autorizadas".

"O site de hospedagem de vídeos YouTube promove deliberadamente a disseminação de informações enganosas sobre o progresso da operação militar especial na Ucrânia, desacreditando as forças armadas da Federação Russa", disse o Roskomnadzor.

A Rússia  se opõe à distribuição de conteúdo de plataformas de tecnologia estrangeiras que violam suas restrições. Nos últimos anos, o país tem aumentado a pressão contra essas companhias numa tentativa de silenciar críticos na internet.

O google, que pode recorrer da decisão, não respondeu imediatamente a um pedido de comentário enviado por e-mail. A empresa foi uma das que limitou seus serviços no pais para denunciar a invasão.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente