sábado, 9 de julho de 2022

Twitter pede que funcionários não postem nada sobre negociação com Musk.


 Após a desistência de Elon Musk para a compra do twitter, por US$ 44 bilhões, os funcionários da empresa foram instruídos a não comentar publicamente sobre o acordo. Um memorando interno do conselho geral do Twitter, obtido pelo The Verge, diz que os funcionários devem “se abster de tuitar, postar ou compartilhar qualquer comentário sobre o acordo de fusão”.

A nota cita o fato de que a fusão é uma questão legal que está em andamento e diz que a empresa irá “compartilhar informações quando puderem”.

Musk, ao desistir formalmente do negócio, alegou que o Twitter “falhou ou se recusou a fornecer” informações sobre o número de bots em sua plataforma. Nesta sexta-feira (8), o conselho da rede social anunciou que está processando o empresário para garantir que o acordo seja executado conforme originalmente acordado.

O comunicado interno, assinado por Sean Edgett, conselheiro-geral do Twitter, também cita “o momento incerto” e agradece o compromisso dos funcionários.

Fonte: Época negócios

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente